Você sabe o que é a autossabotagem?

A autossabotagem é quando de forma consciente ou inconsciente nós criamos obstáculos e barreiras para que façamos o que precisamos ou alcancemos nossos objetivos.

 

Ela pode ser definida como sendo uma série de ações involuntárias – destrutivas ou punitivas – que acabamos praticando contra nós mesmos.

 

Está ligada a uma forma de pensar negativa, e esse pensamento é algo que geralmente foi criado com o tempo.

 

Também se liga a hábitos negativos, como procrastinação, falta de foco e baixa autoestima.

 

A Autossabotagem pode se manifestar tanto na vida pessoal quanto profissional do indivíduo, o que afeta o desenvolvimento das relações e, principalmente, seu crescimento e sucesso na carreira.

 

E embora seja algo bastante comum, esse comportamento costuma não ser claramente percebido pela maioria das pessoas que se autossabotam.

 

Entre as várias maneiras possíveis de se autossabotar, as mais comuns são:

  • Procrastinar tarefas importantes;
  • Comer compulsivamente;
  • Beber ou usar alguma droga com frequência.
  • Tentar ser autossuficiente o tempo todo
  • Medo de errar constante
  • Comparar-se demais aos outros
  • Falta de organização
  • Autocrítica excessiva

 A autossabotagem está intimamente ligada à baixa autoestima, e por isso é fundamental cuidar desse aspecto, investimento em autoconhecimento e agindo para aumentar seu amor-próprio.

 

A psicoterapia ajudará a desenvolver a autoestima, ao quebrar padrões negativos de comportamento.

 

Portanto, ao identificar sinais de autossabotagem e perceber os reflexos disso no trabalho, é importante procurar uma psicóloga e iniciar um tratamento.

 

Para agendar uma avaliação ou saber mais, entre em contato conosco.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

19 − catorze =