Como saber se estou vivendo um Relacionamento Abusivo?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
relacionamento abusivo
Identificando Relacionamento Abusivo

Muitas relações tem altos e baixos. Mas como identificar se a relação está sendo abusiva? Aprenda a perceber os sinais.

Identificar se você está vivendo em um relacionamento abusivo não é nada fácil. Mas isso acontece porque não é necessário que exista agressão física para que a relação seja abusiva.

Abaixo descrevemos alguns sinais que são muito comuns em relacionamentos abusivos e, que podem ajudar a identificar esse tipo de relação:

1 – Excesso de Amor

O abusador pode ser um sujeito extremamente romântico, gentil, apaixonado, mas normalmente ele usa isso para desviar a atenção da vítima. Isso acontece após episódios de violências verbais e físicas.

2 – Exigências de mudanças

Abusadores costumam impor mudanças, de forma sutil ou não, no comportamento da vítima. Geralmente, são imposições moralistas. Como por exemplo o modo de se vestir, falar, etc.

3 – Superproteção

Pode parecer um cuidado bonito, generoso, mas diminui a vítima, na medida em que aumenta o poder do agressor. Como “cuidador” ele passa a ser fundamental para cada ação, tomando a autonomia de decisão da vítima.

4 – Agressão verbal e violência psicológica

As agressões e violência moral podem surgir em forma de xingamentos. Mas também podem acontecer em forma de comentários sutis, sendo ainda mais devastadoras já que tiram as defesas da vítima e confundem.

5 – Ameaças e chantagens

As ameaças são parte da violência física ou emocional. As insinuações de danos à vítima podem apelar para a culpa, vergonha, abandono. Chantagens emocionais são perigosas e paralisantes.

 

Portanto, um relacionamento saudável é aquele que enfatiza sua personalidade e lhe traz apoio e segurança.

Já o relacionamento abusivo, tóxico, lhe afundará em sombras de infelicidade.

Quem vive ou viveu em um relacionamento abusivo, precisa de ajuda profissional para a identificação e superação do problema e suas consequências.

Não tenha receio de procurar ajuda. É um ato de coragem.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte − nove =