Aprenda a Identificar os Pensamentos que Podem te Trazer Desconfortos

Não é nenhuma novidade, vez ou outra, sermos pegos de surpresa com pensamentos que acabam nos gerando tristeza, raiva, magoa ou qualquer outro tipo de sentimentos desagradáveis. Certo? Por esse motivo, criamos um conteúdo para que você aprenda a identificar os pensamentos que podem te trazer desconfortos e por consequência a evita-los.

Sabemos que esses pensamentos são automáticos e muitas vezes gerados em conformidade com as experiências de vida que já tivemos, porém é importante termos a consciência de que as emoções geradas através desses pensamentos, possivelmente nos trarão prejuízos em nossos relacionamentos pessoais e profissionais, além de somados ao nosso próprio prejuízo emocional.

A seguir, descrevemos os pensamentos mais comuns que podem nos influenciar:

Antecipação de Problemas

Quantas vezes imaginamos e criamos empecilhos para situações que ainda não aconteceram?

São pensamentos que nos causam maior ansiedade, potencialização do medo e da aflição, além de superestimar a real dimensão do problema, isso se ele realmente vir a existir. É o famoso, “E se…”

“…o carro quebrar?”

“…a prova for difícil?”

“…não for bom?”

Ficamos “criando monstros” imaginando o quanto poderá ser complicada aquela conversa, reunião, prova, entrevista, ou qualquer tipo de compromisso que pode, ou não, trazer algum problema.

Devemos sem´re criar a previsão e a precaução de um problema, porém é necessário entender que ele poderão surgir a qualquer momento e por este motivo, temos que estas sempre preparados para enfrenta-los.

Eu deveria ter…

É comum, quando estamos envolvidos em alguma situação desagradável, pensarmos no que poderíamos ter feito para tê-la evitado. “Eu deveria ter…

…agido de outra forma.”

“…evitado falar.”

“...avisado.”

Porém, devemos utilizar essa reflexão para depois que tudo estiver resolvido, pois esse pensamento nos prende a causa do problema e consequentemente nos impossibilita a agir de modo efetivo e racional para a resolução dele.

Além disso, mesmo depois de resolvido, devemos ficar atentos para não nos prendermos aos acontecimentos do passado, pois tais pensamentos podem nos trazer sensações desconfortáveis como, por exemplo, o sentimento intenso de culpa. Portanto, tire proveito das falhas, erros e omissões, e os transforme em experiência para que não se tornem a repetir. 

Filtro Negativo

Esse tipo de pensamento geralmente surge quando estamos nervosos ou quando recebemos alguma resposta negativa de algo que buscamos.

Exemplificando de uma maneira simples, imaginamos que a mãe obrigue seu filho a parar de assistir televisão para ir tomar banho. Naturalmente ele ficará nervoso por ser obrigado a fazer algo que não queira e pensará que a mãe é brava, autoritária e até mesmo chata. Instantaneamente passa esquecer que ela faz a comida para ele, lava e passa a roupa dele, se dedica a todo momento a protege-lo e agrada-lo. Deu pra entender?

Evidenciar o ponto negativo de uma pessoa ou situação, além de ser um pensamento desagradável, nos faz criar uma imagem distorcida da realidade e cometer a injustiça de julga-la por algo não é. 

Generalização

Um pensamento bem importante e que está presente na vida de muitas pessoas é a generalização. Esse tipo de pensamento se constrói devido a experiências desenvolvidas com acontecimentos passados e projetadas numa situação futura.

Nem sempre as experiências desagradáveis que tivemos algum dia nos mostrarão o que podemos esperar se as tivermos novamente. Isso serve para todos os tipos de experiências que podemos vir a ter.

Procure sempre observar e comparar momentos, situações, pessoas e épocas antes de deduzir algo, pois podemos estar perdendo oportunidades únicas para o nosso desenvolvimento emocional, profissional, pessoal, amoroso e familiar.

Previsão de Futuro

A previsão do futuro está muito relacionada a pensamentos de Antecipação de Problemas e a Generalização, porém também traz a inclusão das deduções de algo ou situações que possam ser agradáveis, pois visam criar expectativas elevadas de algo que está por acontecer.

Geralmente, é um pensamento que nos causa ansiedade, angústia e pode vir a provocar sentimentos de arrependimentos também. Por isso, é importante sempre esperarmos de uma situação ou algo, surpresas boas e desagradáveis, pois assim estaremos preparados emocionalmente para todas as ocorrências que poderão surgir.

Tudo ou Nada

Avaliarmos pessoas ou fatos em termos de tudo ou nada é algo injusto conosco e com o nosso próximo, pois precisamos compreender que existem diversos fatores essenciais para a obtenção dos resultados positivos.

Quando escutamos que o importante é vencer e que o segundo lugar é apenas o primeiro dos últimos, desmerecemos todo o esforço e adversidades que podem ter provocado o resultado e consequentemente provocamos um sentimento de angustia e incapacidade ao individuo.

Um grande exemplo que temos para relatar é do maratonista Vanderlei Cordeiro que foi prejudicado por um espectador que se atirou e o jogou para fora da prova, quando ele estava na primeira colocação e prestes a vencer a principal disputa da sua vida, as Olimpíadas de 2004, e que infelizmente o fez chegar em terceiro lugar.

Mesmo com o resultado abaixo do que lhe estava garantido, sua reação ao cruzar a linha de chegada foi uma surpresa e lição para todos nós, pois o seu semblante só nos transmitia a gratidão de poder estar onde sempre sonhou.

Posteriormente, seu gesto humilde e generoso acabou lhe proporcionando o reconhecimento mundial e a maior condecoração de cunho humanitário- esportivo concedida pelo Comitê Olímpico Internacional, a Medalha Pierre de Coubertin. 

Sabemos que é muito importante sempre estarmos preparados para superarmos nossas metas, porém as expectativas causadas pelos pensamentos extremistas de tudo ou nada, podem causar a desistência de nossos objetivos e a consequentemente geração de pensamentos de incapacidade.

Deduzir Pensamentos Alheios

Muitas vezes levamos em consideração o que o outro indivíduo pode estar pensando de um assunto, algo, situação ou até mesmo de nós mesmos, e por esse motivo acabamos sofrendo com algo que não sabemos se é real ou não.

Por estarmos deduzindo o que o outro possa estar pensando, sem ter a certeza que realmente esteja, poderemos por consequência do achismo, provocar o distanciamento ou reações desagradáveis nas nossas relações.

Para isso devemos sempre estar cientes de que antes de qualquer decisão, é necessário termos a certeza do pensamento do outro para que assim evitarmos atitudes injustas, desastrosas, além de arrependimentos.

Comparações Injustas

Apesar de não ser benéfico, é comum observarmos o indivíduo realizando comparações com outros, sejam elas físicas, intelectuais, emocionais, entre outras.

Para piorar, vemos pessoas se comparando com outras e sem ao menos considerarem os parâmetros essenciais que são necessários para o desenvolvimento e progresso.

Exemplificado o tema. Imaginamos que você e seu amigo treinam na mesma escola de natação. Você aprendeu a nadar quando era pequeno, porém é um aluno novo na escola. Seu amigo, apesar de aprender a nadar depois de adulto, já está treinando na escola há alguns anos e consequentemente nada mais rápido do que você. A comparação, além de ser indevida, é muito injusta, pois existem diversos pontos que devem ser levantados para que se entenda o desempenho de ambos.

Esses tipos de comparações não nos trazem benefícios nenhum e ainda nos causam sentimentos de incapacidade, inferioridade e baixa autoestima.

Autoculpabilização

Infelizmente sempre procuramos motivações para os acontecimentos das nossas vidas e muitas vezes para tentarmos entender os fatos, acabamos nos culpando por atitudes e decisões tomadas por outras pessoas, mas nem sempre um culpado irá existir para a causa do ocorrido.

Portanto, é necessário sempre estarmos cientes de todos os fatos, procurarmos entender todas as motivações, examinarmos realmente qual é a nossa parcela de culpa (se existir) e evitarmos nos punir ou sofrer por algum acontecimento que esteja fora nosso poder de resolução.

Para finalizar, deixamos claro que identificar os pensamentos que podem trazer desconfortos é uma tarefa muito difícil e que nos exige um processo de autoconhecimento e autocontrole. Porém, é totalmente possível de ser realizado. 

Algumas vezes, para a obtenção do entendimento e a realização das mudanças desses pensamentos é necessária a intervenção do processo terapêutico e para isso nos colocamos a disposição para o auxílio e êxito nessa questão.  Caso tenha dúvidas, entre em contato e solicite auxílio. 

Estamos a disposição

KPsicologia

KPsicologia

Atendimento Psicológico e Psicopedagógico
Infantil, Adolescente e Adulto.

Agende uma consulta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

quinze − onze =