Psicoterapia Infantil

Psicoterapia Infantil

A psicoterapia infantil, procura minimizar o sofrimento psíquico da criança. Em outras palavras, a terapia infantil visa tratar questões que envolvem as emoções e comportamento das crianças.

Como ocorre a psicoterapia infantil?

A psicoterapia infantil é realizada através da ludoterapia, ou seja, brincadeiras e atividades semanais, ou seja, uma ou mais vezes por semana. As sessões possuem duração de 50 min e ocorrem sempre em horário fixo, que é acordado entre os pais e o psicólogo no momento do acordo de atendimento.

Quando procurar um tratamento?

Em primeiro lugar, o primeiro grande passo, para saber se a criança esta precisando de tratamento é perceber as atitudes e comportamentos que fogem do padrão esperado. Por exemplo, perceber que a criança tem dificuldades em aceitar e se adaptar as regras e os limites nas situações cotidianas e/ou observar atrasos de desenvolvimento em questões de aprendizagem, comunicação e socialização.

Abaixo estão listados alguns sinais ou acontecimentos importantes a serem observados na criança, que podem demonstrar a necessidade de auxilio profissional, ou seja, pontos certamente importantes para tomar a decisão em procurar um psicólogo.

  • Desânimo.
  • Agressividade.
  • Dificuldades em se relacionar.
  • Ansiedade.
  • Comportamentos de birras.
  • Medos em excesso.
  • Dificuldades de aprendizagem.
  • Falar muito sobre morte.
  • Perda de alguém muito importante.
  • Dificuldade de concentração.
  • Agitação em excesso.
  • Inquietação.
  • Faltas de cuidados pessoais e com seus pertences.
  • Excesso de organização
  • Dificuldade de alimentação (falta ou compulsividade).
  • Dificuldades com sono (falta ou excesso).
  • Fazer xixi ou cocô nas calças, ou na cama.
  • Interesse excessivo em personagem agressivos.
  • Imaturidade.
  • Vitimização.
  • Comportamento maldoso com animais e pessoas.
  • Isolamento.
  • Vicio em eletrônicos.
  • Gestos, atos e assuntos ligados a sexualidade.
  • Não conseguir usar a imaginação durante a brincadeira.
  • Presenciar acontecimento impactante ou violento.

“Se identificar alguns desses sintomas em seus filhos, procure ajuda o quanto antes, porque intervenções psicológicas precoces são mais rápidas de serem resolvidas e consequentemente mais eficazes”

Agende sua consulta.

É importante ressaltar que não existe nenhuma contra indicação ao tratamento psicológico infantil. Alguns pais e responsáveis já usam o processo como tratamento preventivo, ou seja, sem necessariamente perceberem nenhum problema grave, buscam ajuda para aprenderem a lidar com sentimentos, frustrações da criança, os ajudando a se prepararem para os desafios emocionais que a vida futura lhe apresentará.